|
Plataforma Portuguesa para as ONGD

A Plataforma

A Plataforma Portuguesa das Organizações Não-Governamentais para o Desenvolvimento (ONGD) é uma associação privada sem fins lucrativos que representa um grupo de 60 ONGD registadas no Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Constituída a 23 de Março de 1985, emerge como resultado da combinação das idiossincrasias das suas associadas e da necessidade das mesmas de se posicionarem enquanto interlocutores privilegiados, tanto do Governo português, como de Instituições de carácter supra-governamental, no que se refere à construção de políticas de desenvolvimento e cooperação.

Ao representar e apoiar as ONGD portuguesas a nível nacional e internacional, a Plataforma Portuguesa das ONGD pretende contribuir para a qualificação da intervenção da sociedade civil nos domínios da Cooperação para o Desenvolvimento, da Ajuda Humanitária e de Emergência e da Educação para o Desenvolvimento e Formação. Assim, potencia as capacidades das ONGD enquanto organizações empenhadas na afirmação da solidariedade entre os povos e contribui para a criação de um mundo mais justo e equitativo.

Missão

Contribuir para melhorar e potenciar o trabalho das suas Associadas, a nível institucional, político, legislativo, financeiro e social, promovendo uma cultura de partilha, de parceria, de responsabilidade e de excelência na organização e nas práticas das ONGD Portuguesas que trabalham para um mundo mais justo e equitativo nas áreas da Cooperação para o Desenvolvimento e da Educação para o Desenvolvimento bem como a da Ajuda Humanitária e de Emergência.

Objectivos

A Plataforma tem como objectivos principais:

  • Promover uma sociedade cada vez mais inclusiva, onde valores como a equidade e a solidariedade sejam realidades objectivas;
  • Construir plataformas de cooperação que permitam o desenvolvimento das sociedades humanas no respeito pela diversidade e pelos Direitos humanos fundamentais;
  • Fomentar políticas de não discriminação e de promoção da dignidade de todos os seres humanos;
  • Acompanhar e influenciar a concepção, a execução e a avaliação das políticas de Desenvolvimento e de Cooperação a nível nacional e internacional;
  • Constituir-se enquanto interlocutora privilegiada, tanto de organizações governamentais, como supra-governamentais para questões de Desenvolvimento e Cooperação.

 
Estatutos da Plataforma.

 

Direcção 2015/2017

Presidência da Direcção: Oikos Cooperação e Desenvolvimento . Pedro Krupenski

Outros membros da Direcção:

  • ACEP – Associação para a Cooperação Entre os Povos. Ana Filipa Oliveira
  • CÁRITAS Portugal . João Pereira
  • CPR - Conselho Português para os Refugiados . Mónica Frechaut
  • EAPN Portugal – Rede Europeia Anti-Pobreza . José Reis
  • Rosto Solidário . Paulo Costa
  • Saúde em Português . Humberto Vitorino