|

GT Aid Watch

Criado em Janeiro de 2007, este Grupo de Trabalho reúne actualmente 7 organizações: ACEP, ADRA PortugalFECIMVF, OIKOS, Sol sem Fronteiras, UNICEF e tem como objectivo principal analisar a evolução da Ajuda Pública ao Desenvolvimento (APD) de Portugal, tendo como referencia os compromissos internacionais assumidos pelo Estado nesta matéria, quer em termos quantitativos quer relativamente aos aspectos qualitativos dessa Ajuda ao Desenvolvimento.

Esta análise da APD é também a base para a participação da Plataforma no relatório europeu AID WATCH da Confederação Europeia das ONGD de Desenvolvimento e Acção Humanitária (CONCORD) e procura incentivar o debate nacional sobre esta temática, envolvendo neste debate diferentes decisores políticos (Governo, Assembleia da República e Partidos Políticos).
 
No âmbito da área de trabalho deste Grupo a Plataforma desenvolve regularmente várias intervenções essenciais ao nível da influência política e monitorização das políticas públicas relevantes para o trabalho da Sociedade Civil.

O trabalho do grupo tem vindo a evoluir, de uma monitoria dos aspectos quantitativos da APD para a inclusão da análise da qualidade da Cooperação para o Desenvolvimento, em coerência com os debates sobre a Eficácia do Desenvolvimento. Em 2012 o GT realizou uma análise de 10 anos de APD, tendo como ponto de partida a última (única) audição pública na Assembleia da República dedicada à Cooperação para o Desenvolvimento e produziu o Relatório Aid Watch 2012 - Uma Leitura da Cooperação Portuguesa desde 2003
 
A nível internacional, a participação de representantes deste GT em iniciativas da CONCORD tem permitido acompanhar uma série de temáticas relevantes para o futuro do trabalho das ONGD, como por exemplo o Diálogo Estrutura entre a Comissão Europeia e a Sociedade Civil dos estados membros e também os debates sobre a Eficácia do trabalho das Organizações da Sociedade Civil (Open Forum on CSO Effectiveness).
 

 

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
GT Ética