|
porUNICEF
fonteUNICEF
a 13 JAN 2015

UNICEF reforça a assistência às crianças afectadas pelo duro Inverno que se faz sentir no Médio Oriente

Nas condições mais duras do Inverno até agora, a UNICEF distribuiu vestuário para agasalhar, cobertores, provisões para calefacção, ajuda em dinheiro e vouchers a mais de 900.000 crianças na Síria, no Iraque, no Líbano, na Jordânia e na Turquia.

Na iminência de se completarem quatro anos sobre o início do conflito na Síria, a UNICEF estima que pelo menos sete milhões de deslocados internos e crianças refugiadas precisam desesperadamente de assistência. Muitos continuam a viver em prédios inacabados e abrigos inadequados onde ficam expostos a temperaturas negativas, neve abundante e ventos fortes.

“Dadas as dificuldades de acesso e as condições climatéricas extremas, conseguimos acelerar a nossa resposta de Inverno a fim de chegar ao maior número possível de crianças,” afirmou Maria Calivis, Directora Regional da UNICEF para o Médio Oriente e o Norte de África. “O contributo dos nossos vários parceiros – locais e governamentais – tem sido decisivo para viabilizar este esforço em condições tão adversas.”

  • Na Síria, os bens para o Inverno da UNICEF chegaram a 350.000 crianças e a distribuição continua em todo o país.
  • Os bens para o Inverno e os vouchers da UNICEF Líbano foram fornecidos a 200.000 crianças nas zonas mais expostas do país, incluindo em áreas de cota elevada, como Aarsal. As equipas da UNICEF estão a trabalhar para alcançar um total de 478.000 crianças nas próximas semanas.
  • Na Jordânia os kits de Inverno e a assistência em dinheiro da UNICEF já beneficiaram 100.000 crianças sírias refugiadas e suas famílias vulneráveis nos campos e comunidades.
  • Na Turquia, a resposta de Inverno abrangeu 62.000 crianças, incluindo 22.000 crianças de Kobane dos 3 aos 11 anos em Suruc.
  • No Iraque, os kits de vestuário de Inverno foram distribuídos a mais de 200.000 crianças em mais de 100 áreas difíceis de alcançar e de altitude elevada.

“Embora importantes, estes resultados parecem escassos quando os comparamos com o número de crianças e famílias cujas vidas estão a ser devastadas a cada dia que passa sobre este terrível conflito que se arrasta,” acrescentou Maria Calivis. “Apelamos à generosidade dos nossos doadores e apoiantes no mundo para podermos assegurar a continuidade deste trabalho.”
 

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010