|
porLeigos para o Desenvolvimento
fonteLeigos para o Desenvolvimento
a 03 DEZ 2014

Leigos para o Desenvolvimento lançam negócio social: "Explicações para o Desenvolvimento"

As “Explicações para o Desenvolvimento” são um novo projecto dos Leigos para o Desenvolvimento que beneficia os estudantes em Portugal com explicações de qualidade e que multiplica o benefício com as receitas geradas ao apoiar projectos de desenvolvimento e educação em Angola, Moçambique e S. Tomé e Príncipe.

O ensino colectivo dentro da sala de aula nem sempre permite que os alunos esclareçam todas as dúvidas, tendo que recorrer por vezes a explicações para que, através de uma atenção particular mais focada nas necessidades e dificuldades de cada aluno, possam atingir o sucesso.

E se estas explicações pudessem também ajudar uma causa social?  Esta é a proposta dos Leigos para o Desenvolvimento que apresentam agora este novo projecto, um serviço de explicações de qualidade, dadas por professores voluntários qualificados. As “Explicações para o Desenvolvimento” são  dirigidas a alunos do 3º ciclo e secundário da zona de Lisboa, permitindo que as receitas revertam para apoiar as missões desta ONGD.  Este projecto aproveita a experiência de 20 anos, do seu Centro S. Pedro Claver, que ensina Português para estrangeiros e dá apoio em regime de explicações a estudantes imigrantes do ensino secundário e universitário.

As “Explicações para o Desenvolvimento” são também uma forma de possibilitar que a sociedade civil intervenha activamente na sustentabilidade dos Leigos Para o Desenvolvimento, uma vez que toda a receita gerada pelo projecto será canalizada para ajudar as suas missões, ao mesmo tempo que os seus filhos melhoram o seu desempenho escolar.

Com uma experiência e saber acumulado ao serviço dos outros há 28 anos, os Leigos para o Desenvolvimento têm um projecto em Portugal (Centro S. Pedro Claver) e quatro missões em curso, em três países de expressão portuguesa: duas em S. Tomé e Príncipe (Porto Alegre e S. Tomé), uma em Angola (Benguela) e outra em Moçambique (Cuamba).

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010