|
porFEC
fonteFEC
a 16 OUT 2014

FEC lança Campanha Semear

A Campanha SEMEAR, de consciencialização nas redes sociais, a decorrer entre outubro de 2014 e dezembro de 2015, tem como objetivo comprometer os cidadãos com estilos de vida saudáveis e sustentáveis, promovendo o Direito Universal a uma Alimentação Adequada, enraizada em modelos de desenvolvimento sustentáveis e justos.

Dirigindo-se à sociedade civil portuguesa e angolana, mas também aos decisores políticos nacionais (Portugal e Angola) e internacionais (União Europeia e FAO), pretende lançar uma nova visão sobre os temas abordados, inserindo-os na agenda pública e mediática, a nível local e global, contribuindo para a sua crescente importância e reconhecimento.

Segundo Margarida Alvim, coordenadora da Campanha, "sob a grande temática da soberania alimentar e do direito à alimentação, pretendemos informar e educar a opinião pública, de forma a gerar mudanças de pequenos comportamentos individuais, capazes de ter repercussões à escala global”.

Desta forma, colocando em diálogo as realidades portuguesa e angolana, a Campanha SEMEAR pretende realçar as desigualdades, desequilíbrios e interdependências existentes, ao mesmo tempo que se preocupa em encontrar caminhos alternativos e propostas concretas de redução das disparidades, em benefício da soberania alimentar e do direito à alimentação nestes dois países, fazendo a ponte entre o Sul e o Norte e ligando as pessoas de forma igualitária.

A Campanha surge no âmbito do projeto “Semear Portugal, Semear Angola – soberania e direito à alimentação”, criado em dezembro de 2013, em parceria com a Cáritas de Angola, a CIDSE (Aliança Internacional de Agências Católicas para o Desenvolvimento), o GASTagus (Grupo de Ação Social do Tagus) e a 4Change, cofinanciado pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua.

Alguns conceitos relevantes:

Segurança Alimentar - existe quando todas as pessoas, em todo momento têm acesso físico e económico a uma alimentação saudável e nutritiva, que corresponde às suas necessidades dietéticas e preferências alimentares para uma vida ativa e de boa saúde (saber mais).

Soberania Alimentar - conjunto de princípios que protege o espaço político dos povos, dos países e dos grupos de países para que determinem eles próprios a sua política agrícola e alimentar e o seu modelo de produção e de consumo (saber mais).

Direito à Alimentação - não trata só do acesso à alimentação mas também do acesso aos recursos produtivos, enfatizando a dignidade, as obrigações dos estados e dando uma atenção especial aos grupos vulneráveis e marginalizados (saber mais).

Nota do editor:
A FEC – Fundação Fé e Cooperação é uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento, criada em 1990, e tem como missão promover o desenvolvimento humano integral, através da cooperação e solidariedade entre pessoas, comunidades e igrejas. Atualmente, trabalha em Portugal, Angola, Guiné-Bissau e Moçaçmbique, nas áreas da educação, saúde, capacitação institucional e em educação para o desenvolvimento.

Para mais informações contactar:
• Mariana Pereira | Comunicação
• Tel: 938489022 | E-mail: mariana.pereira@fecongd.org

Links úteis:
• Blog da campanha | www.semear.org
• Facebook | www.facebook.com/fundacaofecooperacao
• Site FEC | www.fecongd.org

 

(Artigo escrito segundo o Novo Acordo Ortográfico)

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010