|
porOikos
fonteOikos
a 11 ABR 2014

Oikos Desafio 100: uma prova que foi muito mais que desporto

100 pessoas e 100km que uniram vontades e fundos de forma solidária para dar vida a um projeto de combate ao desperdício alimentar.

A propósito dos seus 25 anos de trabalho (em 2013), a Oikos projectou uma ideia que ainda era então um sonho escrito em poucas linhas. Queria assinalar a data de forma marcante, com um projecto concreto que pudesse ser de e para a população portuguesa.

A segurança alimentar é uma das principais temáticas de trabalho da Oikos um pouco por todo o mundo e a organização sentiu necessidade de trabalhar agora nessa área no nosso país: temos pelo menos 300 mil pessoas a passar fome em Portugal quando se perde ou desperdiça mais de 1.000 milhões de toneladas de alimentos todos os anos. Ora se há alimentos nutritivos para todos, porque há gente com fome e malnutrida? O desafio da Oikos estava encontrado: é urgente trabalhar na redução do desperdício na fase da produção e favorecer a agricultura familiar e a economia rural portuguesa.

O próximo passo seria desafiar mais pessoas e organizações a partilharem desta vontade. É assim que surge o “Oikos Desafio100”, uma prova de 100km que aliou resistência física e solidariedade. Decorreu nos passados 5 e 6 de Abril e foi cumprido em equipas através de estafetas, que primeiramente angariaram fundos para construir uma plataforma digital que permita, em Portugal, a ligação em tempo real e útil, entre os pequenos produtores agrícolas e os pequenos comerciantes e/ou com o consumidor final desses produtos (incluindo as Instituições de Solidariedade) para evitar o desperdício de produtos alimentares.

Foram 100km percorridos ao longo da costa portuguesa, desde a Lourinhã ao Estádio do Jamor, vividos com garra, entusiasmo, espírito de equipa e muito comprometimento de todos os participantes. Esta prova não teve caráter competitivo, privilegiando o espírito de equipa. 

A prova contou ainda com uma “Equipa Oikos” que percorreu o primeiro troço e foi composta de pessoas que aceitaram participar como forma simbólica de apoio à causa: Andreia Vale – jornalista; Paulo Flor - comissário da PSP; Pedro Vaz - CEO da Fisher+Bus; Simone Fragoso – atleta paralímpica; bloguers Lénia Rufino e Sara Branco.

O objectivo foi cumprido por todas as equipas e, entre os fundos angariados e as parcerias que se estabeleceram, a Oikos vai agora implementar este projecto inovador de luta contra a fome em Portugal.

Mais informação aqui.

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010