|
porONU
fonteONU
a 01 DEZ 2013

Mensagem do Secretário-Geral da ONU no Dia Mundial de Luta contra a SIDA

Neste Dia Mundial de Luta Contra a SIDA, estou mais optimista do que nunca.
Grande parte do mundo está a acelerar o progresso na resposta ao HIV. Há reduções significativas em novas infecções e mortes, e nós estamos a fazer progressos relevantes para que a nossa meta, de que 15 milhões de pessoas tenham acesso ao tratamento anti-retroviral em 2015, se concretize. Isto é crucial para deter e reverter a epidemia de Sida.

Mas, como revelado no relatório do Dia Mundial de Luta Contra a SIDA do UNAIDS, em 2013, ainda há sinais preocupantes de que algumas regiões e países estão a ficar para trás. Para criar condições a uma geração sem SIDA, temos de intensificar os esforços para impedir novas infecções pelo HIV entre crianças e garantir o acesso ao tratamento para todas as mães que vivem com o HIV

Também fizemos progressos ao atingir as populações vulneráveis através de esforços para eliminar o estigma e a discriminação. Agora, comprometemo-nos a quebrar as barreiras ainda existentes, incluindo as leis punitivas e exclusão social, para que possamos chegar a todas as pessoas que não têm acesso ao tratamento e serviços de HIV. Eu particularmente exorto esta ação para acabar com a discriminação e a violência contra as mulheres, que causa danos terríveis e aumenta o risco de infecção pelo HIV e morte por SIDA.

Manisfesto o meu apreço a todos os parceiros que fazem contribuições significativas para o Fundo Global de Luta Contra o HIV, Tuberculose e Malária, uma das mais importantes fontes de financiamento para a resposta global. As maiores economias lideram por exemplo, ao garantir recursos sustentados para a resposta à SIDA e outras doenças. Muitos países de baixo e médio rendimento também aumentaram significativamente a despesa interna em resposta à Sida. Todos merecem todo o nosso apoio na forma como exploram as opções de financiamento para promover a sustentabilidade a longo prazo da resposta ao HIV.

Ainda há muito a fazer. Se queremos um futuro livre da Sida precisamos de investimento contínuo, compromisso e inovação para alcançar a meta de zero novas infecções por HIV, zero discriminação e zero mortes relacionadas com a SIDA. Neste Dia Mundial de Luta Contra a SIDA, tomemos a decisão de consignar a SIDA às páginas da história.

--------------------
Sites relevantes:
http://www.unaids.org/
http://www.un.org/en/events/aidsday/

Vídeo em Português.

 

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010