|
porCésar Neto
fontePlataforma
a 26 NOV 2013

Direitos das Mulheres em debate no Ciclo de Cinema Direitos e Desenvolvimento/CINE-ONU

No dia 21 de Novembro a Plataforma Portuguesa das ONGD e o Centro Regional de Informação das Nações Unidas (UNRIC) organizaram a exibição do filme “UMOJA”, dos realizadores Jean Crousillac & Jean-Marc Sainclair, que conta a história de um grupo de mulheres no Quénia, vítimas de violência, que decidem formar uma comunidade onde não é permitida a entrada de homens.

Entre 1970 e 2003, centenas de mulheres da etnia Samburu revelaram ter sido violadas por soldados britânicos no norte do Quénia. Como ficaram marcadas por ter trazido vergonha para sua comunidade, estas mulheres foram depois agredidas e repudiadas pelos seus maridos. Elas juntaram-se e criaram Umoja, uma aldeia onde os homens são proibidos, que rapidamente se tornou o refúgio de Mulheres de Samburu. O sucesso da Umoja provoca o ciúme dos homens que atacam a aldeia regularmente e causam muitos problemas à sua fundadora, Rebecca Lolosoli.

O documentário foi pretexto para um debate que contou com a participação de Carmen Rasquete, Secretária-Geral da APAV, Manuel Lapão, Direcção de Cooperação da CPLP e Mónica Ferro, Deputada. Foi moderado por Júlia Galvão Alhinho, Responsável pela Comunicação para Portugal do UNRIC.

Manuel Lapão começou por abordar a questão dos direitos das mulheres nos Países da CPLP, destacando o trabalho que a CPLP tem feito ao nível da sensibilização sobre estas questões.

Carmen Rasquete referiu que estes problemas são transversais e globais, que estão relacionados com a desigualdade de poder, focando a sua análise na realidade Portuguesa.

Mónica Ferro abordou algumas questões relacionadas com a legislação e regulamentação nesta área e incidiu a sua intervenção no trabalho feito e a fazer em Portugal e no Mundo relativamente às questões da mutilação genital feminina e ao não acesso à saúde sexual reprodutiva, questões que considera muito importantes. Por fim, realçou o papel que os líderes da comunidade, muitas vezes homens, podem ter na resolução destes problemas.

A importância do papel dos homens nas campanhas pelos direitos das mulheres foi referida também pelos restantes oradores e por vários elementos do público.

Pode assistir a uma pequena reportagem sobre esta sessão aqui (realizada pela CPLP).

Esta foi mais uma sessão do Ciclo de Cinema “Cine-ONU / Direitos e Desenvolvimento”, organizado pela Plataforma Portuguesa das ONGD em parceria com o UNRIC e que contou com o apoio da CPLP.

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010