|
porCésar Neto
fontePlataforma
a 31 OUT 2013

Segundo Fórum da Sociedade Civil Europa-África

A Plataforma Portuguesa das ONGD esteve presente no Fórum da Sociedade Civil Europa-África que se realizou entre os dias 23 e 25 de Outubro em Bruxelas. A representação da Plataforma esteve a cargo de Fátima Proença da ACEP.

O encontro reuniu representantes de várias organizações da Sociedade Civil, 32 africanas e 36 europeias, para debaterem as prioridades e desafios que deverão estar em cima da mesa de negociações na próxima Cimeira Europa-África (que acontecerá em Bruxelas nos dias 2 e 3 de Abril de 2014). Os participantes deliberaram ainda sobre mecanismos institucionais e instrumentos de financiamento, e avaliou-se ainda experiências passadas e oportunidades futuras no âmbito desta relação.

Depois de avaliarem o progresso e desafios desta parceria, os participantes observaram com especial preocupação que as actuais propostas de reforma limitam o potencial de participação das organizações da sociedade civil. Neste âmbito destacaram a importância de uma parceria multi-stakeholder centrada nos cidadãos. Concordaram ainda que deve existir uma ligação clara entre o papel do JAES (Joint Africa-EU Strategy) e os actuais quadros internacionais, como a agenda de desenvolvimento pós 2015, com o intuito de assegurar a contínua relevância da estratégia.

Com estas preocupações em mente, os participantes recomendaram um maior envolvimento da sociedade civil em todas as áreas da JAES. Temas como migração, segurança alimentar, mudanças climáticas e agricultura, desigualdades socioeconómicas, participação política, direitos humanos e transparência, paz, segurança e governança, comércio, investimento e integração regional, género, juventude e gestão de recursos naturais foram considerados transversais.

Os participantes estão confiantes de que todos os stakeholders no JAES tomarão em consideração as conclusões retiradas deste fórum no contexto da Cimeira África-UE em 2014 e no plano de acção subsequente. Em conformidade com estas recomendações, os participantes resolveram trabalhar em estreita colaboração com todos os stakeholders nos preparativos para a cimeira.

Documentos de apoio:

- Declaração Final

Intervenções:

Opening Session - Ethiopian embassy
Opening Session - Jinmi Adisa
Opening Session - Marta Martinelli
Opening Session - O'Sullivan
Session on evaluation - Gilbert Sendygwa
Session on evaluation - Sally Nicholson
Session on architecture - Karine Sohet
Session on EU-CELAC (summary) - Gérard Karlshausen
- Closing Session - Andris Piebalgs

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010