|
porOikos
fonteImpulso Positivo
a 26 AGO 2013

Prevenção e alerta precoce são chave na redução dos impactos das catástrofes naturais

A Oikos, única ONG Portuguesa a atuar na América Central, trabalha frequentemente em zonas vulneráveis aos desastres naturais. Auxiliar as comunidades a desenvolver estratégias de Prevenção e Preparação de Catástrofes tornou-se uma prioridade.

Organização: OiKOS
Projeto de Cooperação: Criação e Consolidação de um Sistema Regional de Informação e Monitorização de Alerta rápido de Catástrofes Naturais

Necessidade Identificada: O departamento de Ahuachapan é o mais ocidental dos que constituem El Salvador, sendo um dos mais suscetíveis de ser atingido por fenómenos naturais, e afetando especialmente famílias em zonas costeiras e montanhosas, caracterizadas por elevados níveis de pobreza. 

Era necessário criar sistemas de alerta precoce rápido e eficaz, melhorando a capacidade de informação, coordenação e resposta das populações vulneráveis, minimizando os impactos de uma catástrofe nas suas comunidades.

Descrição do Projeto: Durante cinco anos a Oikos, em parceria com a Fundación Salvadoreña para la Promoción Social y el Desarrollo Económico (FUNSALPRODESE) e financiamento da Direção Geral de Ajuda Humanitária da União Europeia (ECHO) e Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I. P., trabalhou na criação e consolidação de um sistema regional de informação e monitorização de alerta rápido.

Foi criado o Centro Micro-regional de Informação, Monitorização e Alerta Precoce (CEMIMM), que recebe informação diária e controlada das comunidades de Ahuachapan, por monitores selecionados de cada uma e através de sistemas de comunicação por rádio instalados nas mesmas. Esta informação é por sua vez transmitida à Proteção Civil e ao Ministério do Ambiente.

Comissões Municipais da Proteção Civil receberam formações em temáticas como primeiros socorros, resgate, extinção de incêndios, segurança, manutenção de albergues comunitários. Também a população escolar recebeu formação para estar preparada em caso de catástrofe e as diversas aldeias abrangidas foram preparadas e sinalizadas com rotas de fuga, pontos de encontro, sistemas de recolha de lixo e foram criados hábitos de limpeza regulares.

Resultados Obtidos: Um total de 125 comunidades beneficiárias estão interligadas num sistema de comunicação por rádio. Foram criadas Comissões
Comunitárias e monitores responsáveis que, diariamente, monitorizam e reportam ao CEMIMM. As instituições locais e municipais foram interligadas e fortalecidas, tendo agora uma capacidade de resposta a futuras catástrofes.

Foram elaborados diversos "Planos Municipais de Resposta a Catástrofes", planos locais de "Emergência Sanitária" e planos de "Proteção Escolar", com apoio de professores e estudantes. Todos foram desenvolvidos em conjunto com órgãos do governo, Direção Geral de Proteção Civil, Ministério da Saúde e Ministério da Educação. Também foram criados planos de emergência para o setor da saúde, tendo sido ainda promovida a integração de Equipas Comunitárias de Saúde – vocacionadas para gestão de risco e primeiros socorros. A população escolar na região de Ahuachapan está melhor preparada para agir em caso de catástrofe e contribuir para a prevenção nas suas comunidades.

No total, foram beneficiadas 126.713 pessoas.

Pontos Fortes e Fracos do Projeto: As dificuldades enfrentadas prendem-se com a falta de cobertura nas comunicações, a mobilidade nas comunidades
de difícil acesso e alguma dependência entre o CEMIMM e as autoridades municipais.

De resto, os resultados previstos no projeto foram amplamente superados, tendo sido um dos grandes pontos fortes a sua sustentabilidade. As comunidades assumiram a causa como primariamente sua e os hábitos criados no decorrer do projeto são rotina diária. O CEMIMM é atualmente uma referência de monitorização e resposta a nível departamental, e tornou-se numa importante ferramenta de interligação entre todos os atores envolvidos na gestão de risco. 

(Artigo escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico)
 

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010