|
porAna Poças
fonteCEAUP
a 03 JUN 2013

Ciclo de Cinema Direitos e Desenvolvimento: “Mulheres Africanas – A Rede Invisível”

O filme “As mulheres de África – A rede invisível” é um documentário do realizador brasileiro Carlos Nascimbeni que, através dos testemunhos de algumas mulheres que tiveram ou ainda têm uma função importante nos seus países, nos fala sobre o papel das mulheres nas sociedades africanas.

Este documentário foi exibido pelo Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto (CEAUP) no dia 24 de maio, a propósito da comemoração antecipada do Dia de África, que é dia 25 de maio. Este evento contou com a presença da moderadora Júlia Galvão Alhinho e de três convidadas para comentar o filme: Ana Miranda, Elisabete Monteiro e Teresa Medina, bem como uma plateia de pessoas interessadas em discutir e aprofundar questões ligadas ao continente africano, à equidade de género, ao desenvolvimento e aos direitos humanos.

Após a exibição do filme, fez-se um debate em que se analisou o papel e o espaço que os homens têm nas tarefas realizadas tipicamente por mulheres e se não serão as próprias mulheres responsáveis pela exclusão da partilha desse papel. Questionaram-se os efeitos dos projetos de cooperação sobre a equidade de género na visão que as próprias mulheres têm do seu papel na sociedade e de como as comunidades as veem. Refletiu-se ainda sobre as intervenientes do documentário e se elas representam as “vozes silenciosas” das mulheres africanas, uma vez que estão inseridas num nível socio-económico-cultural muito elevado em relação ao comum das mulheres africanas.

A exibição do filme “As mulheres de África – A rede invisível” foi uma parceria entre a Plataforma das ONGD, o Centro Regional de Comunicação da Nações Unidas e o Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto.

(artigo escrito ao abrigo do Novo Acordo Ortográfico)

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010