|
porLUSA
fonteSOL
a 16 MAI 2013

Olivier Consolo: Países usam crise para cortar na ajuda aos países pobres

Um representante das organizações não-governamentais europeias defendeu hoje em Lisboa que as políticas de cooperação não reflectem a visão dos cidadãos, adiantando que há governos que usam a crise para cortar na ajuda aos países pobres. 

O director da Confederação Europeia de Organizações Não-Governamentais para o Desenvolvimento (CONCORD), Olivier Consolo explicou que, como os objectivos da ajuda aos países pobres são estabelecidos em percentagem, quando a riqueza nacional diminui, o montante da ajuda reduz-se automaticamente.

Consolo falava à agência Lusa à margem do seminário internacional sobre cooperação e ajuda ao desenvolvimento em tempos de crise, que decorre até sexta-feira em Lisboa.

"Um país em crise, mesmo sem alterar a percentagem [da ajuda], vai contribuir menos, o que é compreensível, mas o facto de os países usarem o pretexto da crise para cortar na percentagem representa uma dupla sanção para países pobres que nada tiveram a ver com a crise financeira dos países ricos", disse Olivier Consolo.

Para Olivier Consolo "é compreensível" que um governo que se vê obrigado a cortar em todas as políticas sociais tenha que fazer escolhas e, eventualmente, cortar na ajuda, mas lembra que a maioria dos cidadãos europeus é contra a redução da solidariedade com os países pobres.

"Os cidadãos europeus compreendem que é em alturas de crise que temos mais necessidade da ajuda ao desenvolvimento. Por isso penso que as políticas não reflectem hoje as aspirações das pessoas em relação à cooperação e usam cada vez mais a ajuda ao desenvolvimento para promover os interesses económicos das suas empresas", sublinhou.

A CONCORD - Confederação Europeia das Organizações Não Governamentais para o Desenvolvimento monitoriza anualmente a ajuda disponibilizada pelos 27 países da União Europeia aos países pobres e Olivier Consolo destacou, em 2012, os casos da Inglaterra, que mesmo com fortes medidas de austeridade conseguiu aumentar o nível da ajuda, e dos países nórdicos que mantiveram a ajuda.

Os países mais atingidos pela crise - Portugal, Espanha e Itália - baixaram a sua ajuda aos países pobre, frisou o director da CONCORD, considerando que no caso da Itália se tratou de uma "opção política", uma vez que a redução aconteceu antes da crise económica e financeira.

Questionado sobre a nova tendência de maior envolvimento do sector privado na ajuda aos países em desenvolvimento, que esteve em debate durante a sessão inaugural do seminário de hoje, Olivier Consolo considerou que as empresas são bem-vindas ao debate, mas com condições.

"Quando convidamos o sector privado para a mesa, devemos começar por ver se as empresas que trabalham nos países pobres pagam impostos, se não desviam os lucros conseguidos em África, na Ásia e na América Latina para a Europa ou para paraísos fiscais", sublinhou.

Defendeu ainda o fim do "dumping social", que coloca os países pobres em feroz concorrência pelo investimento estrangeiro, e da exploração de matérias-primas que não gera valor acrescentado para esses países.

"É preciso transformar localmente as matérias-primas para ajudar a desenvolver o país e ainda são muito poucas as empresas que o fazem", disse, adiantando que um sector privado responsável não deve fragilizar o sector privado do país parceiro.

"Há alguns anos a exportação massiva para a África Ocidental de asas de frango congeladas produzidas na Europa destruiu em dois anos 10 anos de esforços de cooperação que vinha ajudando a indústria aviária local a desenvolver-se e a industrializar-se para ajudar a alimentar a população local", exemplificou.

Olivier Consolo mostra abertura para discutir todas estas questões com o sector privado, mas recusa um debate centrado na forma como as empresas poderão usar fundos da cooperação para exportar os seus produtos "sem qualquer consideração pelos objectivos do desenvolvimento".

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010