|
porPedro Cruz
fontePlataforma
a 15 JAN 2013

A Plataforma apresentou o seu Plano de Actividades para 2013

No passado dia 12 de Dezembro decorreu a 28ª Assembleia Geral Ordinária da Plataforma Portuguesa das ONGD em que foi votado e aprovado o Plano de Actividades para o ano de 2013.

O Plano de Actividades será executado num contexto de forte crise que as ONGD muito bem conhecem e onde podem desempenhar um papel fundamental, visto que estendem a sua actuação a diversas áreas, quer a nível nacional quer internacional e assumem um papel cada vez mais importante, ainda que muitas vezes pouco valorizado, no âmbito da economia social. 

O conjunto de actividades previsto para 2013 focaliza o olhar da Plataforma na promoção dos valores que têm guiado a acção da Cooperação Portuguesa ao longo da última década, defendendo a sua integridade e a continuidade de um percurso de crescimento que pode e deve ser valorizado e potenciado.

Por outro lado, 2013 será também um ano em que a Plataforma promoverá uma discussão alargada sobre a Eficácia do Trabalho das Organizações da Sociedade Civil, debatendo aspectos positivos e negativos, forças e fraquezas e apontando caminhos para melhorar a capacidade de intervenção das ONGD e o seu impacto nas áreas da Cooperação para o Desenvolvimento, Educação para o Desenvolvimento e Ajuda Humanitária e de Emergência.

A definição de 5 eixos estratégicos como base para o Plano de Actividades da Plataforma para 2013 procura estruturar a sua intervenção em redor de metas concretas que permitam continuar a relevar a importância da Cooperação Portuguesa enquanto contributo nacional numa luta transnacional por um mundo mais justo e equitativo, valorizando neste âmbito o papel essencial que, cada vez mais, as ONGD portuguesas vêm assumindo neste esforço colectivo.

Aceda ao Plano de Actividades aqui.

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010