|
fonteCONCORD
a 06 NOV 2012

Corte no apoio aos Países em Desenvolvimento é um erro

A CONCORD - Confederação Europeia de ONG de Ajuda e Desenvolvimento e a Plataforma Portuguesa das ONGD, sua associada, manifestam decepção em relação à proposta de cortes no orçamento para despesas externas apresentada pela Presidência do Chipre da União Europeia na semana passada.

Para Olivier Consolo, Director da Concord, "cortar a linha de apoio da UE aos países em desenvolvimento é um erro. Estamos a ver as despesas externas, incluindo a ajuda ao desenvolvimento, a serem utilizadas pelos Estados-Membros nas negociações do orçamento global da UE como moeda de troca, o que significa grandes cortes que podem chegar aos €7,3 mil milhões.
 
Este corte é desproporcional em comparação com o resto do orçamento da UE e vai contra as propostas mais positivas apresentadas pela Comissão Europeia e pelo Parlamento Europeu, que ontem rejeitaram a proposta apresentada pela Presidência cipriota.
 
As negociações para o orçamento da UE 2013 parecem ir na mesma linha da proposta da Presidência cipriota. É fundamental que os Estados-membros mantenham as suas promessas de ajuda aos países mais carenciados.”

 

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010