|
fonteOikos
a 25 SET 2012

Oikos apela ao fim da “Especulação Alimentar” no Mercado Europeu

Em carta enviada aos deputados portugueses do Parlamento europeu, Oikos apela a um determinado sentido de voto na revisão da Diretiva "Markets in Financial Instruments (MiFID)".A falta de regulação relativamente à especulação financeira em torno dos produtos agro-alimentares tem levado a graves crises alimentares a nível mundial.

Com a possibilidade eminente da revisão da Diretiva que regula o mercado financeiro e os seus instrumentos, a nível europeu, a Oikos decidiu juntar-se ao apelo e alertar os deputados portugueses para o fato de que a especulação financeira é um dos principais indutores do aumento dos níveis dos preços e da sua volatilidade, a par da produção dos biocombustíveis e dos fenómenos meteorológicos extremos.
 
Em declaração recente emitida por FAO, FIDA e WFP, estas instituições avisam que o recente aumento no preço de alimentos essenciais como o milho, o trigo e a soja pode conduzir a uma nova crise alimentar que será uma réplica da crise de 2007/08 e da de 2011.
 
Para a Oikos, a revisão atual da Diretiva Markets in Financial Instruments (MiFID) é uma oportunidade para resolver estes problemas, ao restringir a especulação excessiva e disruptiva, designadamente estabelecendo limites de posição aos especuladores dos derivativos. É fundamental que o interesse público não seja posto em causa pelo interesse do setor financeiro. É fundamental que a economia real prevaleça sobre a virtual.
 
Para além do envio da carta, a Oikos apela a todos os cidadãos que assinem e divulguem uma petição relacionada com este tema: Pelo fim da "especulação alimentar" no Mercado Europeu

 

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010