|
fonteUNICEF
a 14 JUN 2012

UNICEF - Apelo à acção - salvemos 45 milhões de vidas de crianças até 2035!

Comunicado de imprensa -  Apelo à Acção

O mundo une esforços para acelerar os progressos destinados a acabar com mortes evitáveis de crianças

Mais de 80 governos e muitos outros parceiros do sector privado, da sociedade civil e de organizações confessionais estão reunidos hoje e amanhã, 14 e 15 de Junho, em Washington com o objectivo de lançar um Apelo à Acção pela Sobrevivência Infantil – um fórum de alto nível organizado pelos governos da Etiópia, Índia e dos Estados Unidos, em colaboração com a UNICEF, a fim de lançar uma iniciativa global e sustentada para salvar a vida de crianças.

Ao longo dos últimos 40 anos, o desenvolvimento de novas vacinas, a melhoria das práticas de saúde, os investimentos na educação e o envolvimento dos governos, da sociedade civil e de outros parceiros contribuíram para a redução do número de mortes de crianças em mais de 50 por cento.

No entanto, milhões de crianças – a maioria das quais na África subsaariana e Sul da Ásia – morrem todos os anos antes dos cinco anos, em grande maioria devido a causas evitáveis. Em 2010, taxa de mortalidade desta faixa etária foi de 57/1.000 nados vivos.

Um desafio lançado ao mundo....

O Apelo à Acção é um desafio lançado à comunidade internacional para reduzir a mortalidade infantil para 20/1.000 nados vivos, ou menos, em todos os países até 2035. Atingir esta meta histórica pode salvar mais 45 milhões de vidas de crianças até 2035, e colocar o mundo mais próximo do objectivo último que é acabar com as mortes evitáveis de crianças.

As projecções mostram que este objectivo pode ser alcançado através do reforço de esforços em 5 áreas prioritárias:

1. Geografia: aumentar os esforços em 24 países onde ocorrem 80% das mortes de crianças menores de cinco anos;
2. Populações mais gravemente afectadas: reforço dos sistemas de saúde nacionais para aumentar o acesso das populações mais desprotegidas, e abranger comunidades rurais e com baixos rendimentos;
3. Soluções de grande impacte: combater as cinco causas responsáveis por quase 60 por cento das mortes de crianças: pneumonia, diarreia, malária, nascimentos prematuros e as mortes perinatais
4. Educação das raparigas e mulheres: para além dos programas de saúde, investir na educação das raparigas e autonomização das mulheres e promover um crescimento económico do que possam aproveitar
5. Responsabilidade mútua: unir esforços em torno de um objectivo partilhado utilizando indicadores comuns para acompanhar o progresso.


Por ocasião do Apelo à Acção, é pedido aos governos e parceiros que se comprometam a apoiar uma Promessa Renovada, um compromisso de trabalho em conjunto para afinar os planos nacionais para a sobrevivência infantil, acompanhar os resultados, e dar uma maior atenção às crianças mais desfavorecidas e vulneráveis.

“Temos os instrumentos, os tratamentos e a tecnologia que permitem salvar milhões de crianças todos os anos, e não há desculpas para não os utilizarmos”, afirmou o Director Executivo da UNICEF, Anthony Lake. “Para renovar a nossa promessa feita às crianças do mundo, temos de nos concentrar nas principais causas de mortalidade infantil, como a diarreia, a pneumonia e a malária, desenvolvendo soluções de grande impacte, tratamentos de baixo custo, incentivando a inovação e impulsionando a vontade política para chegar às crianças que são mais difíceis de alcançar. O grande objectivo de prevenir as mortes infantis deve ser uma causa comum a todos nós.”

“A Índia sente-se honrada por co-organizar este apelo global à acção. O momento é oportuno e temos de o aproveitar. Apesar de assistirmos ao declínio constante nas taxas de mortalidade infantil na Índia ao longo dos últimos 10 anos, o momento não é de auto-satisfação”, declarou Ghulam Nabi Azad, Ministro da Saúde e da Família Indiano. E acrescentou ainda que “A redução da mortalidade neonatal e infantil continua a ser um dos objectivos principais da Missão Nacional Rural para a Saúde na Índia. Graças à sua experiencia em intervenções de sobrevivência infantil, e à escala dos seus programas, a Índia está bem posicionado para desenvolver novas colaborações para a implementação das Iniciativas de Sobrevivência Infantil na região da Ásia-Pacífico”.

“Não há no mundo dois países iguais. Por isso, cada um de nós deve definir o seu próprio roteiro para alcançar este objectivo louvável. Na Etiópia, reduzimos a mortalidade infantil de menores de cinco anos de 166 para 88 por 1.000 nados vivos apenas na última década” afirmou Dr. Tedros Adhanom Ghebreyesus, Ministro da Saúde da Etiópia. “O que podemos prometer ao mundo e às nossas crianças é que, tal como no passado, a Etiópia irá dar o seu melhor para reduzir a taxa para 20 ou menos mortes por 1000 nados vivos, até 2035. Então poderemos olhar para trás e dizer que fizemos justiça às nossas crianças, e escreveremos uma página na história da humanidade”.

O administrador da USAID Rajiv Shah afirmou: “ O desenvolvimento pode ter muitos problemas para os quais temos poucas soluções. Ajudar as crianças a atingirem o seu 5º aniversário não é um deles. Não se trata de saber se o mundo pode acabar com as mortes evitáveis de crianças; é uma questão de saber se iremos ou não fazê-lo”.

###
O evento, com a duração de dois dias, será transmitido em directo em:
http://www.apromiserenewed.org

Twitter hashtag: #Promise4Children
 
B-roll e eventos do dia serão gravados, e estarão disponíveis em:

http://weshare.unicef.org/pickup?key=S788e1517-36e8-4ed9-8a56-01a92fc5fa3d

Actualizações e fotografias serão colocadas na página de facebook: www.facebook.com/APromiseRenewed

Para mais informações, por favor contacte:

Peter Smerdon, UNICEF New York, Tel. + 1212 303 7984, Mobile +1 917 213 5188
psmerdon@unicef.org  
Sarah Crowe, Spokesperson for the Executive Director, 1 212 326 7206
scrowe@unicef.org  

UNICEF Portugal: Francisca Baptista da Silva, 21 317 75 14,
fbsilva@unicef.pt / Carmen Serejo, 21 317 75 12, cserejo@unicef.pt  

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010