|
fonteUNRIC
a 05 JUN 2012

Mensagem do Secretário-Geral das Nações Unidas no Dia Mundial do Ambiente

Enquanto o mundo se prepara para a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), o Dia Mundial do Ambiente é uma oportunidade para destacar a necessidade de mudarmos de paradigma para um mundo mais sustentável. O tema deste ano, “Economia Verde: também lhe diz respeito?”, sublinha a necessidade de todos darem o seu contributo para manter a pegada ecológica da humanidade dentro dos limites do planeta.

A população mundial já atingiu os 7 biliões e pode ultrapassar os 9 biliões em 2050. Consequentemente, haverá mais pressão sobre cidades já sobrelotadas, onde vive mais de metade da população, e sobre os recursos naturais, uma vez que aumenta a procura de alimentos, água e energia. Isto também significa que mais pessoas estarão à procura de trabalho digno. Globalmente, 1.3 biliões de pessoas estão sem emprego ou subempregados. Estima-se que mais meio milhão de pessoas entre no mercado de trabalho durante a próxima década.
 
Sustentabilidade quer dizer oferecer oportunidades para todos mantendo o equilíbrio entre as três dimensões do desenvolvimento: social, económica e ambiental. Temos que refutar o mito de que existe um conflito entre a saúde económica e a saúde ambiental. Com políticas inteligentes e investimentos adequados, os países podem proteger o seu ambiente, fazer crescer a sua economia, gerar emprego digno e fazer acelerar o progresso social.
 
O Rio+20 é a nossa oportunidade para reforçar o compromisso global com o desenvolvimento sustentável. No Rio, deveríamos reconhecer de que medir o crescimento e a riqueza através do Produto Interno Bruto por si só é inadequado. Deveríamos também chegar a um acordo sobre a necessidade de estabelecer objectivos de desenvolvimento sustentável para o mundo, a partir dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio. E devíamos também fazer procurar fazer progressos em algumas das componentes fundamentais da sustentabilidade, tais como a energia, água, alimentos, cidades, oceanos, emprego, e empoderamento das mulheres.
 
A sustentabilidade está a ganhar visibilidade na agenda política de países desenvolvidos e países em desenvolvimento. Na ONU estamos a trabalhar para conseguir neutralidade climática e uma gestão sustentável dos nossos escritórios e actividades. No Rio, devemos mobilizar as parcerias que precisamos para colocar o mundo numa trajectória de crescimento e desenvolvimento. Neste Dia Mundial do Ambiente, nas vésperas desta conferência histórica, apelo aos governos, empresas e todos os membros da sociedade para fazer as escolhas holísticas que nos garantam um futuro sustentável: o futuro que queremos.

 

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010