|
porSBR
fonteLusa
a 18 MAI 2012

Líderes "insistem no perdão", cidadãos ainda reclamam "justiça"

A liderança timorense "só fala em perdão", mas os cidadãos continuam a reclamar "justiça", diz a jurista Megan Hirst, reconhecendo que a comunidade internacional esteve "tão focada" no que acontecia no território que não trabalhou a "mentalidade da Indonésia".

Após duas comissões de justiça internacionais, das quais resultaram recomendações mas "pouca continuidade", a liderança política timorense acha que "tudo será mais fácil se não se falar no assunto", enquanto as pessoas continuam a reclamar "algum tipo de justiça, nem que não seja perfeita", sublinha Megan Hirst, falando em "desconexão entre políticos e povo".
 
A jurista integrou a Comissão de Acolhimento, Verdade e Reconciliação (CAVR), que funcionou em Timor entre 2000 e 2005, para julgar os crimes cometidos entre 1974 e 1999, e também a Comissão Verdade e Amizade (CVA), que, de 2005 a 2008, se dedicou exclusivamente aos acontecimentos de 1999, o ano dá consulta popular que conduziu o território à independência.
 
"O que é triste é que as coisas não estão a evoluir muito. Há um sentimento de fechar a porta do passado e não pensar mais nisso", observa Megan Hirst, em entrevista à Lusa, antes de participar, em Lisboa, num debate sobre o filme "Dalan ba dame -- caminho da paz", na quinta-feira, integrado num ciclo organizado pela Plataforma Portuguesa das ONGD e pelo Centro Regional de Informação das Nações Unidas.
 
A propósito dos dez anos da restauração da independência de Timor, comemorados a 20 de maio, Megan Hirst diz que o país ainda enfrenta "muitos desafios", incluindo judiciais.
 
A criação de um tribunal penal internacional para Timor -- que tem sido reclamada pela sociedade civil -- "não vai acontecer em breve, se acontecer de todo", antecipa a jurista, que agora trabalha no tribunal especial das Nações Unidas para o Líbano.
 
A resposta aos crimes cometidos "apenas tocou a superfície dos problemas", analisa, comentando que a resposta do sistema local "é quase impossível".
 
A "grande questão" é "o que pode ser feito para que as pessoas aceitem e sintam que houve uma reposta justa para o que se passou no passado", diz, frisando que as tentativas do sistema timorense "não foram muito longe".
 
Antes de terminar funções, a CVA recomendou a criação de um sistema de "reparação" para as vítimas, para que estas fossem "compensadas de alguma forma".
 
"Já saí de Timor há três anos, mas continuo a acompanhar a situação. O que é um bocadinho frustrante é que não vejo muitos progressos", lamenta Megan Hirst, recordando que a CVA deixou um projeto de lei que "ainda está no parlamento".
 
Compreendendo a "frustração" dos timorenses face aos resultados das comissões, a perita sublinha que "o importante agora seria tomar medidas para assegurar a continuidade das recomendações feitas", nomeadamente para criar uma instituição partilhada entre timorenses e indonésios para obter dados sobre "os desaparecidos".
 
Outros "assuntos não resolvidos" são o "tabu" dos "conflitos internos entre grupos leste-timorenses" e os refugiados em Timor Ocidental que ainda não conseguiram voltar a Timor-Leste, menciona: "Há crimes horríveis que tendem a ser mandados para debaixo do tapete."
 
Por tudo isto, "reconciliação é um termo difícil" e "não parece haver vontade política suficiente para pôr as coisas a andar", lamenta Hirst. Por outro lado, "o que é muito inspirador em Timor é que as pessoas não se estão a vingar, continuaram com as suas vidas e não estão, em geral, zangadas com os indonésios".
 
Falta, porém, lidar com a Indonésia, já que a comunidade internacional estava "tão focada" no que se passava em Timor que se esqueceu da outra parte da equação e, "para haver uma mudança geral, é preciso haver uma mudança de mentalidade na Indonésia", onde "há muita negação sobre o passado".
 
"Devia ter havido uma aposta na mudança da forma de pensar das pessoas na Indonésia", sustenta.
 

 

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010