|
a 16 ABR 2012

Organizações portuguesas lançaram hoje a rede temática para a soberania e segurança alimentar

Foi hoje lançada publicamente a Rede Portuguesa para a Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional que abreviadamente se irá designar por REALIMENTAR.

A REALIMENTAR é uma Rede da Sociedade Civil que tem por objectivo principal influenciar os processos de formulação e tomada de decisão sobre políticas públicas, nacionais e internacionais, que digam respeito à Soberania e Segurança Alimentar.
 
Esta Rede tem como membros fundadores: ACTUAR - Associação para a Cooperação e o Desenvolvimento, ACOP - Associação de Consumidores de Portugal, Associação Saúde em Português, APT - Associação dos Pastores Transmontanos, CNA - Confederação Nacional da Agricultura, Federação dos Sindicatos do Sector da Pesca, IMVF - Instituto Marquês de Valle Flor, MARP - Associação das Mulheres Agricultoras e Rurais Portuguesas e Oikos – Cooperação e Desenvolvimento, esperando-se agora que esta se alargue a todas as organizações que se identifiquem com a sua carta de princípios.
 
A REALIMENTAR nasce por este conjunto de organizações considerarem que as aspirações e necessidades da maioria daqueles que produzem, distribuem e consomem os alimentos não têm estado no centro das políticas agrícolas, alimentares e comerciais e que existe a necessidade de uma mobilização e intervenção social mais activa nestes temas.
 
Quanto à escolha do dia 17 de Abril para este lançamento, ela está relacionada com simbologia da data, tendo em conta que, hoje, se comemora o dia internacional da Luta Camponesa.
 
A iniciativa realizada em Coimbra, em frente ao Mercado D. Pedro V, constituiu um acto simbólico, de distribuição de um quinto de uma maçã a representar os 20% que do nosso orçamento alimentar vai para remunerar o trabalho da produção, enquanto que 80% daquilo que no dia a dia despendemos com o nosso cabaz alimentar é retido pela agro-indústria, distribuição e comercialização.
 
Pretendeu-se assim demonstrar que existe uma clara injustiça na distribuição do valor acrescentado produzido pela cadeia alimentar e que uma regulação pública é urgente e necessária.
 
Mais informações em www.realimentar.org  

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010