|
a 27 FEV 2012

Programa Alimentar Escolar em risco de ser encerrado - Nairobi

No âmbito de uma parceria com uma pequena ONG queniana God’s Vision for Africa, a nossa ADDHU, ONGD portuguesa, tem procurado, através de um programa alimentar escolar, dar apoio às crianças do bairro de lata do Soweto, em Nairobi, capital do Quénia.

Neste bairro de lata, que tem aproximadamente 39.000 habitantes, estima-se que mais de metade tenham menos de 15 anos e que aproximadamente 30% sejam portadores de HIV. Além disso, estas crianças enfrentam outros graves problemas como a insegurança alimentar e a fome. A larga maioria não chega a ter sequer uma refeição por dia, registando-se inúmeros casos de má nutrição e subnutrição que levam as crianças a deixar de ir à escola ou a piorar a sua performance escolar. Com a recente seca e crise alimentar do Corno de África, a situação destas crianças tem vindo a piorar, sendo que se estima que os casos de desnutrição aguda ultrapassem os 10,000. Em Agosto de 2011, a agência noticiosa da ONU chamou à atenção para a pouca assistência dada às populações dos bairros de lata de Nairobi, onde a fome é já um grave problema, com cerca de 1 milhão de crianças afectadas e mulheres forçadas a recorrer à prostituição para alimentarem as suas famílias. É aqui que a ADDHU concentra o seu trabalho e faz realmente a diferença, onde mais ninguém está...
 
O Programa Alimentar Escolar, que a ADDHU iniciou em Maio de 2011, tem sido responsável pela única refeição diária de cerca de 700 crianças do bairro de lata do Soweto e tem obtido excelentes resultados: diminuição da insegurança alimentar e da taxa de desnutrição; melhoria da performance e da frequência escolar das crianças abrangidas e redução das disparidades do género através do aumento da escolarização das raparigas.
 
Infelizmente, os fundos necessários para a manutenção deste programa começam agora a escassear e a ADDHU corre o risco de ter de encerrar este programa em Maio de 2012. Sem a ajuda de todos, muitas destas crianças terão de ser informadas de que não continuarão a receber uma refeição na escola, sendo que, para muitas delas, é a única de que dispõem diariamente.
 
De forma a assegurar a continuidade deste programa tão importante, a ADDHU tem vindo a desenvolver diversas iniciativas de angariação de fundos junto da população portuguesa, nomeadamente através de uma campanha intitulada “Contra a fome no Corno de África”. No âmbito dessa campanha, a ADDHU tem em funcionamento uma “Linha Solidária – Uma chamada contra a fome” (760 300 130) onde, em cada chamada realizada (0,60€ + IVA), 0,48€ revertem directamente em favor do programa alimentar escolar da ADDHU. Esta campanha já contou com o apoio do Humberto Coelho (realização de um spot de publicidade institucional para a RTP e a SIC), do Olivier Restaurante (ADDHU/Oilvier Get Together – Um jantar contra a fome em África) e do Sport Lisboa e Benfica (apoio técnico da Benfica TV e oferta de bilhetes para a realização de um passatempo solidário).
 
É certo que os tempos são de crise económica e que as dificuldades dela resultantes são transversais a todos nós. Porém, acreditamos que a crise de valores, em que infelizmente a nossa sociedade também está mergulhada, não seja igualmente um denominador comum a todos. É por acreditarmos que valores como o altruísmo e a solidariedade ainda não estão de todo perdidos, que vimos solicitar qualquer ajuda que nos possam dar nesta causa que é, afinal, de todos nós.
 
Fonte: ADDHU

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010