|
a 20 FEV 2012

Precisamos quem defenda o futuro! Um provedor de Justiça para as Gerações Futuras!

Este é o apelo que algumas Organizações da Sociedade Civil incentivam os cidadãos do mundo a dirigir aos líderes dos seus países. É lançada neste Dia Internacional da Justiça Social uma petição on-line disponível em www.righttothefuture.org para recolha de assinaturas a entregar na Cimeira Rio+20 que oferece uma excelente oportunidade para nos erguermos a favor das gerações futuras.

O desenvolvimento económico dos últimos 20 anos, no modo como tem vindo a ser levado a cabo, malgrado os compromissos assumidos perante o desenvolvimento sustentado na “Conferência da Terra” que teve lugar em 1992 no Rio de Janeiro, tem criado acentuados fossos de desigualdade entre ricos e pobres, assimetrias entre o desenvolvimento social e humano e o crescimento estritamente económico, danos irreversíveis no ambiente. A actual crise económica e financeira global demonstra claramente que as decisões de uns poucos, contrárias aos compromissos assumidos geram, em muito pouco tempo, consequências nefastas nas vidas das pessoas. Se tivesse havido um Provedor de Justiça que tivesse impedido que certas medidas tivessem sido tomadas por colocarem em causa o gozo e exercício de certos direitos por parte das gerações futuras que ainda não podem defender-se, talvez nada do que está à vista – 20 anos depois da adopção do conceito de desenvolvimento sustentável – teria acontecido.
 
A Oikos – Cooperação e Desenvolvimento, a Terre des Hommes e a The World Future Council como promotoras desta iniciativa, pretendem que a Conferência do Rio (Rio + 20) não constitua mais um momento de promessas vãs empurrando a responsabilidade por mais 20 anos. Queremos que dela resulte o compromisso sério dos líderes do mundo em criarem à escala internacional, regional e nacional a figura do Provedor de Justiça que defenda os direitos e interesses das gerações futuras. Queremos o reconhecimento das Gerações Futuras como Sujeitos de Direitos e, como tal, consagração do direito ao futuro como direito humano.
 
Para atingir este fim, convidamos todos os cidadãos do mundo a assinar a petição disponível em 5 línguas diferentes (Inglês, Português, Francês, Espanhol e Alemão) no website www.righttothefuture.org a partir do dia de hoje até ao princípio do mês de Junho, altura em que associaremos estas assinaturas a cartas dirigidas aos Chefes de Governo e de Estado que estarão presentes na Cimeira Rio + 20.
 
Dê a sua voz por aqueles que a não têm para defender uma vida em dignidade e um planeta saudável e com recursos, para nós, os nossos filhos e netos e para as gerações vindouras.
  
Entidades promotoras:
Oikos
– Cooperação e Desenvolvimento é associação Portuguesa sem fins lucrativos internacionalmente reconhecida como uma INGO (International Non-governmental Organization) cujo objectivo é o desenvolvimento global. Para atingir este fim trabalhamos com as comunidades nas regiões e países mais pobres independentemente da sua localização geográfica. Acreditamos acima de tudo num mundo sem injustiça e sem pobreza onde o desenvolvimento humano possa ser sustentável e equitativo quer à escala local, quer à escala global.
 
A nossa actividade está estruturada num continuum integrado nas áreas da acção humanitária e de emergência, vida/desenvolvimento sustentável e mobilização/promoção da cidadania global. De emergências ao desenvolvimento, passando pela educação, mobilização social e pela influência pública, o trabalho da Oikos actualmente incide em países como Cuba, El Salvador, Guatemala, Haiti, Honduras, Mozambique, Nicarágua, Peru e Portugal.
 
Para saber mais sobre a Oikos e o seu trabalho, para se tornar associado(a) ou para apoiar visite www.oikos.pt  
 
“terre des hommes” é uma organização sem fins lucrativos que apoia projectos concebidos para melhorar as condições de vida de crianças que vivam em contexto de pobreza, que sejam vítimas de qualquer forma de exploração e violência em 31 países. Através da sensibilização do público e trabalho de advocacia social a “terre des hommes” visa contribuir para a realização dos direitos das crianças em todo o mundo. Em 2011, “terre des hommes” lançou uma campanha de promoção dos direitos ambientais das crianças, incluindo o seu direito ao futuro.
 
Para mais informação visite http://www.terredeshommes.org/  
 
The World Future Council
é uma fundação de direito privado, sem fins lucrativos tem como missão trazer para o centro da construção das políticas os interesses das gerações futuras. O seu trabalho de advocacy para os acordos internacionais, para enquadramentos políticos regionais e processos legislativos nacionais assenta numa investigação profunda e assim produz resultados práticos e tangíveis. O WFC inclui mais de 50 personalidades de renome, Conselheiros oriundos de uma vasta variedade cultural e política de diferentes países e regiões do mundo, activos em organismos públicos, em organizações da sociedade civil, em empresas, nas universidades, nas artes.
 
Para mais informações sobre o WFC: http://www.worldfuturecouncil.org/  

Para mais informações:
 
Oikos – Cooperação e Desenvolvimento
Pedro Krupenski, Director de Desenvolvimento
Pedro.krupenski@oikos.pt
+ (351)963076905
 
terre des hommes
Jonas Schubert, Human Rights Officer
j.schubert@tdh.de
+49 5417101132
 
The World Future Council
Catherine Pearce, Future Justice Manager
Catherine.pearce@worldfuturecouncil.org
+3226481542 
   
Fonte: Oikos

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010