|
a 08 FEV 2011

Dia Internacional contra a Mutilação Genital Feminina

Dia Internacional contra a Mutilação Genital Feminina: Declaração conjunta do Alto Representante da União Europeia, Catherine Ashton e da Vice-Presidente da Comissão Europeia, Viviane Reding

 

O dia 6 de Fevereiro marca o Dia Internacional contra a Mutilação Genital Feminina. Esta é uma oportunidade para lembrar ao mundo que a União Europeia condena esta prática abominável que viola os direitos humanos e a dignidade de centenas de milhar de mulheres e raparigas. Hoje, reafirmamos o nosso compromisso de trabalhar para a erradicação deste crime extremamente brutal.
 
A Mutilação Genital Feminina viola os direitos das mulheres e raparigas. Não respeita os direitos básicos de igualdade de oportunidades, de saúde e de protecção contra violência, lesões corporais, abusos, torturas, tratamento cruel, desumano e degradante. Acreditamos que é nosso dever proteger as raparigas e mulheres em relação ao risco de mutilação e atenuar o sofrimento das mulheres que vivem com cicatrizes físicas e mentais causadas pela mutilação genital feminina.
 
Temos de promover medidas que conduzam à erradicação da Mutilação Genital Feminina. Temos de nos concentrar na protecção e cuidados para as raparigas e mulheres que são vítimas de Mutilação Genital Feminina. Continuaremos a luta contra a violência baseada no género, tanto na União Europeia como ao nível das nossas relações externas. 
    
Fonte:
http://www.consilium.europa.eu/uedocs/cms_Data/docs/pressdata/EN/foraff/119201.pdf (versão original)

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010