|
porPlataforma ONGD
fontePlataforma ONGD
a 19 FEV 2018

Posicionamento face aos Casos de Abuso e Exploração Sexual

A Plataforma Portuguesa das ONGD subscreve a posição da CONCORD sobre relatos de exploração sexual e abuso perpetrados por recursos humanos de ONG

Na sequência das informações divulgadas pelos media, da existência de casos de exploração sexual e abuso perpetrados por recursos humanos de ONG em países parceiros, a Plataforma Portuguesa das ONGD, em concordância com a posição assumida pela CONCORD (Confederação Europeia de ONG de Ajuda Humanitária e Desenvolvimento), condena sem reservas os atos dos indivíduos que foram considerados culpados de exploração sexual e abuso de poder no Haiti e no Chade em 2011 e 2006. A Plataforma Portuguesa das ONGD expressa solidariedade com as vítimas, esperando que as pessoas que praticaram tais atos sejam responsabilizadas. 

A Plataforma considera que o setor do Desenvolvimento devia praticar os mais elevados standards de responsabilidade e prestação de contas pelo seu trabalho e reforçar os mecanismos de prevenção e reparação. A Plataforma manifesta a sua disponibilidade para trabalhar com as Associadas e com todos os intervenientes relevantes para assegurar que todas as pessoas que participam em programas de desenvolvimento, e em particular os mais vulneráveis, são protegidos.

O papel da Cooperação para o Desenvolvimento na luta contra a pobreza e pela justiça global permanece tão vital como sempre. Estas ações não devem ofuscar a importante missão e valores das ONG de desenvolvimento e os milhares de funcionários e voluntários dedicados a erradicar a pobreza e lutar contra todos os tipos de injustiça.

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010