|
porADPM
fonteADPM
a 17 AGO 2017

Projecto Raízes pretende criar redes locais e inclusivas para o fomento do turismo de natureza na ilha de Santo Antão (Cabo-Verde)

Actualmente o Turismo é o sector mais importante da economia de Cabo Verde, sendo o projecto Raízes um importante passo na consolidação do turismo de natureza.

No passado mês de Junho, a Delegação da União Europeia em Cabo Verde e a Associação de Defesa do Património de Mértola (ADPM) assinaram um contrato de cofinanciamento para a implementação do projecto RAÌZES – Redes locais para o turismo sustentável e inclusivo na ilha de Santo Antão, Cabo Verde.

Contrariando à ideia generalizada que existe sobre o turismo em Cabo Verde, Santo Antão é uma ilha de assinaláveis montes e picos, levadas e vales, trilhos e paisagens cénicas que proporcionam uma infinidade de actividades de turismo de natureza, entre as quais se destacam as caminhadas, o treking e a bicicleta.

O objectivo geral do projecto é promover o turismo de natureza e todo o património natural da Ilha de Santo Antão de forma sustentável. O trabalho a ser desenvolvido será realizado com os parceiros e actores locais, numa óptica de gerar e aumentar os rendimentos da população ao mesmo tempo que se fomentam melhorias das condições socioeconómicas dos que habitam a Ilha.

Ao longo do desenvolvimento e implementação do projecto pretende-se aumentar e diversificar a oferta turística através da criação de novos atractivos, de novas dinâmicas e de uma rede multi-actor, que valorize não só os produtos e os serviços existentes em Santo antão mas também o seu património natural.

De acordo com Carla Janeiro, técnica do projecto “A capacitação e mobilização da população local é um grande desafio mas essencial não só na preservação do ecossistema natural e para a obtenção dos melhores resultados no âmbito do projeto.”

São parceiros executores do projecto a Associação 14 MAIS, a Associação Dragoeiro, Associação de Desenvolvimento Integrado da Ribeira das Patas, a Câmara Municipal de Porto Novo, a Câmara Municipal de Paúl e o Instituto de Ciências Económicas e Empresariais

São ainda parceiros associados a Delegação do Ministério da Agricultura e Ambiente, Áreas Protegidas de Santo Antão, o Ministério da Economia e Emprego, o Instituto de Emprego e Formação Profissional, o Centro Nacional de Artesanato e Design e a Universidade do Algarve.
 

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010