|
a 20 AGO 2010

ADRA responde às vítimas das cheias no Paquistão

A ADRA actua no Norte do Paquistão enquanto inundações sem precedentes devastam a região

Seis milhões de famílias perderam as suas casas, o gado e todos os bens pessoais após as suas comunidades terem sido consumidas pelas devastadoras cheias, no norte do Paquistão. Chuvas torrenciais já tiraram a vida a 1500 pessoas. Teme-se que muitas mais vidas sejam perdidas, particularmente crianças e idosos, à medida que as doenças causadas pela má qualidade da água se espalhem.

Muitas destas pessoas estavam já deslocadas das suas casas devido aos combates na fronteira entre o Paquistão e o Afeganistão. Agora, a sua miséria e prejuízos são extremos. As perdas sofridas por estes povos deslocados e pelas pessoas que residiam na região vão ser sentidos durante muitos anos. O desaparecimento do gado, das culturas agrícolas, das casas, das infra-estruturas e dos sistemas de transportes ainda empobrecerá mais o norte do Paquistão.

A Rede ADRA está a lançar uma resposta inicial, no valor de 90.000 dólares, para atender às necessidades imediatas dos sobreviventes, através da ADRA Paquistão. De acordo com a avaliação inicial realizada numa área da região norte onde residem 200,000 pessoas, foram encontradas 50,000 casas destruídas, bem como 47 escolas, 3 hospitais e 3 clínicas devastadas.

A ADRA encontra-se no terreno a prestar cuidados médicos de emergência às pessoas da área inundada. As equipas médicas da ADRA estão a tratar crianças, mulheres e homens que estão a sofrer com a proliferação de doenças como a diarreia, gripe, malária, problemas de pele, infecções oftalmológicas e outros ferimentos.

Os serviços médicos estão a ser prestados independentemente do género, ou de afiliações políticas, tribais ou religiosas, dando-se especial atenção aos idosos, às crianças e às mulheres grávidas.

A ADRA Portugal está a apoiar esta acção humanitária e já desbloqueou uma verba inicial no valor de 5,000 dólares (cerca de 4.000€), tendo uma conta aberta* para angariação de donativos, que contribuirão para a resposta de emergência das equipas da ADRA que actuam no terreno.

A ADRA é uma organização não-governamental presente em 125 países. Implementa projectos de desenvolvimento comunitário sustentável e socorro em desastres. A ADRA assume o princípio humanitário fundamental de independência, apoiando os seus beneficiários independentemente da associação política ou religiosa, idade, sexo, raça ou etnia.


>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010