|
porFGS
fonteFGS
a 02 MAI 2016

Avaliação Externa considera Sinergias ED “profundamente inovador”

Já está disponível online o Relatório de Avaliação Final do projecto “Sinergias ED”. O documento, que resulta de uma avaliação externa, procurou envolver e ouvir todos os que participaram nas várias actividades do projeto ao longo dos dois anos de duração.

Da avaliação destaca-se o “carácter profundamente inovador” do projecto no contexto do país, atribuindo-lhe a capacidade de evidenciar e afirmar “a interdependência entre conhecimento e acção, entre aprendizagem e mudança social.”

O projecto "Sinergias ED: Conhecer para melhor Agir – promoção da investigação sobre a acção em ED em Portugal" procurou fomentar a ligação entre investigação e acção no campo da Educação para o Desenvolvimento (ED) de modo a promover a valorização da ED em Portugal e a qualidade da sua intervenção. Para tal, propôs-se ligar Instituições de Ensino Superior (IES) e Organizações da Sociedade Civil (OSC) num processo de aprendizagem colaborativo que permitisse potenciar as sinergias e complementaridades em torno da investigação e da acção no campo da ED.

A avaliação agora tornada pública, permite concluir que o projecto alcançou os seus objectivos – em alguns casos, tendo mesmo superado – evidenciando a “relevância do projecto no contexto nacional e internacional da ED, decorrente de uma boa análise prévia da realidade e de uma resposta concertada e ajustada a necessidades importantes do sector”. Os resultados, agora disponíveis para consulta detalhada, organizam-se em três eixos: 1) Produção de conhecimento científico em ED; 2) Disseminação de conhecimento e valorização da ED; e 3) Aprendizagem e capacitação de agentes de ED.

Dos sete critérios incluídos na análise – relevância, eficácia, eficiência, participação, impacto, sustentabilidade e qualidade – em todos se apresentam notas bastante positivas. Quando analisados de forma conjunta, estes critérios apontam para “a qualidade, quer educativa, quer académica, que caracterizou todo o percurso do Sinergias ED, reforçada justamente pela confluência da reflexão e da acção na matriz do projecto.”

Nota ainda para a “expressiva participação registada entre os diversos actores nas atividades e produtos”. Este acabou por se revelar “um dos factores mais determinantes para o sucesso do projecto”. Diversas manifestações de colaboração institucional evidenciam, de acordo com o mesmo documento, o “elevado grau de associação ao projecto (…) e uma significativa apropriação da sua lógica colaborativa de trabalho.”

53% declararam ainda que promoveram novos projectos de ED em consequência da sua participação no Sinergias ED e 27% que se integraram em novas parcerias. Estes e outros dados apresentados, sugerem que a participação no Sinergias ED se traduziu e/ou traduzirá em mudanças significativas nas entidades que a ele se associaram, ampliando quer o seu conhecimento sobre a ED quer o seu envolvimento no sector.

O sucesso do Sinergias ED traduz-se em impactos “diversos e significativos (…) bem como no desenvolvimento de processos, produtos e competências” capazes de garantir “a sustentabilidade das principais iniciativas desencadeadas”.

Entre as iniciativas, destacam-se as ferramentas de comunicação mais visíveis para lá do público que esteve diretamente envolvido nas actividades do projecto: o site e a Revista Científica Sinergias: Diálogos Educativos para a Transformação Social.

O capítulo final desta avaliação sistematiza um conjunto de aprendizagens e avança com recomendações orientadas para o futuro, com enfoque na sustentação, aprofundamento e maximização dos processos e produtos que resultaram desta primeira etapa. Atendendo aos bons resultados alcançados, o projecto mantem-se ativo.

Promovido em conjunto pela Fundação Gonçalo da Silveira (FGS) e pelo Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto (CEAUP), o projecto Sinergias ED contou, para o período entre Dezembro de 2013 e Fevereiro de 2016, com o cofinanciamento do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I. P. e com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, da Reitoria da Universidade do Porto e da Fundação para a Ciência e Tecnologia (Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior).

Pode consultar o Relatório de Avaliação Final do Sinergias ED aqui.

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010