|
porUNICEF
fonteUNICEF
a 15 SET 2015

Milhões de crianças na Síria devastada pelo conflito estão privadas de acesso à educação

Na altura em que as crianças em várias partes do mundo estão a começar um novo ano lectivo, existem mais de dois milhões de crianças na Síria que não vão poder fazer o mesmo. Segundo a UNICEF, mais 400.000 crianças estão em risco de abandonar a escola em resultado do conflito, da violência e da deslocação forçada.

A meio do quinto ano de conflito na Síria, a crise continua a varrer anos de realizações no sector da educação. Algumas crianças na Síria nunca estiveram dentro de uma sala de aula, enquanto outras chegaram a perder até quatro anos da sua escolaridade.  

Existem 5.000 escolas em todo o país que não podem ser utilizadas por terem sido destruídas, danificadas, convertidas em abrigo para famílias deslocadas ou para uso militar. Muitos pais ficam preocupados por enviarem os seus filhos à escola devido aos perigos existentes no caminho até à escola ou nos próprios estabelecimentos de ensino. Só em 2014, pelo menos 60 escolas foram alvo de ataques, alguns dos quais deliberadamente. Os professores da Síria também pagaram um preço elevado, tendo mais de um quarto do conjunto dos docentes abandonado os seus postos de trabalho.

“Os serviços públicos básicos da Síria, incluindo o da educação, chegaram ao máximo da sua capacidade,” afirmou Hanaa Singer, Representante da UNICEF na Síria. “Precisamos de fazer muito mais para ajudar as instituições educativas a não colapsar e a multiplicar as oportunidades de acesso das crianças à educação em todo o país.”

A UNICEF dispõe de uma vasta rede de parceiros locais no terreno para conseguir chegar a cerca de três milhões de crianças. Pela primeira vez desde o início da guerra, um programa de educação informal tem sido posto em prática para reduzir o número de crianças fora da escola. A UNICEF está a imprimir localmente material didáctico e manuais escolares para distribuir aos estudantes carenciados. 

Em toda a Síria, as crianças estão a demonstrar níveis excepcionais de resiliência e persistência a fim de prosseguirem a sua instrução. Para poderem realizar os seus exames no Verão passado, pelo menos 20 por cento das crianças da Síria viram-se forçadas a atravessar linhas de fogo. Numa jornada perigosa, as crianças tiveram de passar por vários postos de controlo e arriscaram-se a ser apanhadas no meio de acesos confrontos.

“Mesmo nas piores circunstâncias, as crianças sírias continuam a pedir para aprender porque  anseiam por um futuro melhor. Estima-se que cerca de quatro milhões de crianças conseguiram frequentar o ano lectivo no ano passado,” declarou Hanaa Singer. “Todos nós temos de investir nas crianças da Síria, pois elas são o futuro do país e vão ajudar a reconstruir a Síria quando a paz regressar.”
Para além dos 2.2 milhões de crianças abrangidas pela campanha de regresso à escola, e no âmbito da ‘Iniciativa Nenhuma Geração Perdida’ (‘No Lost Generation Initiative’), a UNICEF está a dar início a um programa de auto-aprendizagem destinado a meio milhão de crianças que perderam anos de escolaridade. O enfoque do programa é nas zonas em que o conflito mais se tem feito sentir e onde as escolas estão fechadas. Um programa de ensino acelerado vai também ajudar 200.000 crianças a recuperarem a sua aprendizagem, com vista à sua ulterior reintegração na educação formal.

A fim de proporcionar espaços adequado para a aprendizagem, pelo menos 60 clubes escolares foram abertos em todo o país. Em zonas que estão a acolher um elevado número de crianças deslocadas, 600 escolas foram reabilitadas e 300 salas de aula pré-fabricadas estão prontas a instalar, a fim de acolher mais 300.000 crianças.

A UNICEF está empenhada na salvaguarda do direito das crianças à educação na Síria. Para poder continuar a dar resposta às carências das crianças em matéria de educação, a UNICEF precisa de angariar 68 milhões de dólares até ao fim do ano, dos quais 12 milhões são necessários agora.

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010