|
porUNICEF
fonteUNICEF
a 03 AGO 2015

‘Dupla catástrofe’ para as crianças em Myanmar: as cheias afectam os mais vulneráveis

As crianças vulneráveis em Myanmar enfrentam uma ‘dupla catástrofe’ dado que as cheias vêm acrescentar provações àquelas com as quais lidam as crianças que vivem na pobreza e as que estão a recuperar da violência e do conflito, alertou a UNICEF. Estes estragos recentes vêm juntar-se aos que foram causados nas últimas semanas pela chuva forte que tem fustigado o país, com vento e precipitação do ciclone Komen, vindo do Bangladeche onde causou desabamentos de terras a 30 de Julho.

Segundo o Governo do Myanmar, 36 pessoas morreram e mais de 200.000 precisam de assistência humanitária em todo o país. Dos 14 estados e regiões do Myanmar, 12 foram afectados pelas chuvas. O Governo declarou quatro regiões como zonas de catástrofe natural – Chin, Magwe, Sagaing e Rakhine. As informações sobre o número de pessoas afectadas nos estados mais afectados, incluindo o de Rakhine, é ainda limitada dado que as equipas de avaliação não conseguiram alcançar as comunidades afectadas devido às inundações, estradas intransitáveis e desabamentos de terras.

“As inundações estão a atingir as crianças e famílias que já estão vulneráveis, incluindo as que vivem em campos no estado de Rakhine,” afirmou a Representante Delegada da UNICEF em Myanmar, Shalini Bahuguna. “Para além dos efeitos imediatos, as cheias terão um impacte a mais longo prazo sobre os meios de sustento destas famílias.”

O Governo de Myanmar está a liderar a resposta, e a UNICEF com outras agências da ONU está a trabalhar de perto com as autoridades do país a fim de fazer um levantamento das necessidades urgentes das crianças e prestar assistência. A organização já enviou equipas de avaliação às áreas que podem ser alcançadas, para identificarem as carências prioritárias das crianças e famílias em termos de água e saneamento, cuidados de saúde e nutrição.

“A UNICEF já prestou apoio à distribuição de pastilhas para purificação da água e kits de higiene nas áreas afectadas,” acrescentou a representante da UNICEF. “Estamos a trabalhar com o Governo para difundir através da rádio mensagens de emergência junto das comunidades locais, acerca da prevenção de doenças com origem na água.”

Myanmar é um país propenso a catástrofes naturais tais como cheias, ciclones e terramotos. São necessários mais recursos para reforçar a capacidade de preparação para as catástrofes e melhorar a resiliência das comunidades. As zonas mais duramente afectadas situam-se nos estados mais pobres de Myanmar, um país onde perto de 70% das pessoas vivem perto dos 2 dólares/dia do limiar de pobreza, e as crianças constituem 34% da população. 

No estado de Rakhine, 140.000 crianças e famílias deslocadas que vivem em campos estão particularmente vulneráveis. Devido às chuvas e ventos fortes, é previsível que se produzam estragos nos abrigos, latrinas, instalações para tomar banho, espaços de aprendizagem e outras instalações nos campos que foram construídas para utilização a curto-prazo.

No início deste ano, a UNICEF lançou um apelo para angariação de fundos no montante de 24.9 milhões de dólares para ajudar as crianças afectadas pela violência e o conflito no estado de Rakhine. A organização recebeu 5.6 milhões, ficando uma lacuna de financiamento de 19.3 milhões, ainda antes de serem tidas em conta as carências das famílias afectadas pelas cheias.

“O impacte destas inundações torna a necessidade de financiamento, em particular para as famílias deslocadas e vulneráveis, ainda mais urgente,” declarou Shalini Bahuguna. “As crianças e famílias mais pobres vão ser as mais duramente atingidas, e precisamos de reforçar a sua resiliência para que possam lidar com este tipo de crises.”

A UNICEF em Myanmar
A UNICEF tem vindo a trabalhar com o Governo e o povo de Myanmar desde 1950. Em parceria com o Governo e com a sociedade civil, o actual enfoque do trabalho da UNICEF no país visa a redução da mortalidade infantil, a melhoria do acesso e da qualidade da educação, e a protecção das crianças face à violência, aos maus-tratos e à exploração. Para saber mais acerca do trabalho da UNICEF em Myanmar, visite www.unicef.org/myanmar.

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010